Associação Portuguesa do Cavalo Árabe

Associação Portuguesa do Cavalo Anglo-árabe

Associação portuguesa do Cavalo luso-árabe

 

horizontal rule

Acolhimento Topo

horizontal rule

 

Acta da 7ª Assembleia-geral das APCA e APcAA


em 26 de Fevereiro de 2005

  

A reunião teve lugar na Quinta da Figoeira e teve início às 11 horas.

Foram sucessivamente abordados os diferentes pontos da Agenda da Reunião, tendo todas as decisões sido tomadas por unanimidade.

 

– Presenças. Impedimentos

Estavam presentes: João Nogueira Lopes Aleixo, José Manuel Matos Arroja, Mário Barbosa, António João Figueiredo Cravo, Pedro Nuno Figueiredo Cravo, Manuel Machado Faria, António Maria Pestana Torres Vaz Freire, João Nuno de Vasconcelos Torres Vaz Freire, José Maria de Sousa Vaz Freire, Luís Maria Pestana Torres Vaz Freire, Manuel H. D. Heleno, José Adriano Murteira Martins, João Carlos de Torres Vaz Freire Mira, Joaquim Miguel Fernandes Potes, Victor Santos, Josef Schreiber

Informaram estar impedidos: José Beja Falcão, Caetano Oliveira Soares, Luís Miguel da Veiga.

 

– Introdução

Manuel Heleno começou por manifestar o seu júbilo por verificar que o número de interessados na APCA e na ACAA aumenta constantemente, situando-se já em mais de cem criadores ou proprietários.

 

– Aprovação da Acta da 6ª Reunião de Criadores e Proprietários de Puro Sangue Árabe e de Anglo-árabe

Foi aprovada por unanimidade.

 

– Aprovação do relatório e contas referentes ao exercício de 2004

Foi aprovado por unanimidade.

 

O livro “O Árabe em Portugal”, uma realidade de grande impacto

Sobre esta importante iniciativa Manuel Heleno disse que foi “um recorde” editar-se um livro de 420 páginas e mais de 600 fotografias em menos de 6 meses. Lembrou também que a tiragem feita para o Natal (sem tradução inglesa nem estojo) já estava esgotada, o que demonstra o êxito da publicação, que não se limita a ser um bonito catálogo de coudelarias, mas sim um livro completo que, em oito capítulos, trata do Puro Sangue Árabe desde a sua origem até à realidade dos criadores actuais. Recordou ainda que, como anunciara, não tem o mais pequeno interesse financeiro na venda do livro e que uma próxima edição será propriedade da Associação Portuguesa do Cavalo Árabe. Apresentou depois aos presentes a totalidade dos estudos que foram feitos para a capa, que, evidentemente, obedeciam a duas condições: retratar o Árabe português como um cavalo montado e ser uma representação perfeitamente anónima. Mostrou em seguida a Medalha de Mérito da Cooperação do Instituto Luso Árabe para a Cooperação com que a Associação Portuguesa do Cavalo Árabe foi galardoada (tendo o autor recebido também a Medalha de Mérito Cultural).

Todos manifestaram grande entusiasmo pela bonita publicação, cuja segunda tiragem com o seu estojo luxuoso e tradução inglesa ainda melhora consideravelmente o anterior volume.

 

– Dois Puro Sangue Árabes cedidos a Portugal, pelos Haras Franceses

O Presidente da Associação Portuguesa do Cavalo Árabe informou que já tinha chegado à Coudelaria Nacional um dos dois Puro Sangue Árabes que, por seu intermédio, foram cedidos a Portugal. O outro garanhão virá no fim do corrente ano.

Lembrou ainda que o cavalo chegado tem uma excelente origem, é robusto e é recomendado pelos Haras Franceses como garanhão de raide, tendo ele mesmo sido um excelente concorrente na disciplina, em que obteve as classificações de 2º, 1º, 4º, 2º e 9º (aos 5 anos em provas de 60 e 90 km), e as classificações de 2º, 1º, 1º e 5º (aos 6 anos em provas de 60 e 90 km), depois do que desempenhou as suas funções de garanhão do Estado, tendo deixado uns 100 filhos em França.

 

– O indispensável “Regulamento de Julgamentos de Modelo e Andamentos”

Para ajudar à formação de novos Juízes e com vista a uniformizar a maneira de julgar, o “Regulamento de Julgamentos de Modelo e Andamentos” aprovado por unanimidade na última Assembleia-geral foi, como decidido, enviado ao Exmo. Senhor Dr. João Costa Ferreira, Digníssimo Director do SNC, e às principais organizações de concursos de Modelo e Andamentos, cujas provas de Puro Sangue Árabes e Anglo-árabe por ele serão regidas.

 

– A CIAA (Conférence Internationale de l’Anglo-Arabe)

Foi explicado que a CIAA é ao Anglo-árabe o que a WAHO é ao Puro Sangue Árabe. Com efeito, é esta organização que vai ditar as leis pelas quais se vai reger o AA no mundo, dando a definição do que é um AA, criando as diferentes categorias dentro da raça, aceitando ou não os diferentes Stud-books, emprestando garanhões, formando juízes, etc. Por ora, conta com 50 delegados de 14 países. Manuel Heleno faz parte do Conselho de Administração daquele organismo, foi nomeado um dos 6 “Juízes Internacionais de Referência” e, na última reunião havida, foi eleito para a “Comissão dos Stud-books”, que verificará e aprovará aqueles livros a nível internacional.

 

– O Stud-book Português do Anglo-árabe

Aguarda que o SNC o termine, como prometido.

 

– O “Troféu Criador Elite”, da APCA e da ACAA

Foi lembrado que para melhor publicitar o PSA e o AA, foi criado o troféu da APCA e da ACAA, para premiar os criadores que apresentem bons animais nos Concursos de Modelo e Andamentos das respectivas raças.

O título de Criador Elite será atribuído ao Criador que em 5 anos consecutivos obtenha um total de 3 medalhas de ouro, com 3 animais diferentes, sejam eles de raça PSA ou AA.

Fez-se um apelo para que os criadores apresentem animais nos Concursos, tanto mais que, em acordo com o Regulamento Nacional de Modelo e Andamentos, existirão provas para cavalos montados e provas em que os equinos serão apresentados à mão.

 

– As corridas de cavalos

A Associação Portuguesa do Cavalo Árabe e a Associação Portuguesa do Cavalo Anglo-árabe já estabeleceram contactos com a actual estrutura de corridas de cavalos, de forma a, no futuro, garantir corridas para as raças das referidas Associações.

 

– Outras iniciativas ou actividades realizadas pelas nossas associações em 2004

Manuel Heleno explicou que, com a ajuda de todos, tem continuado a fazer um grande esforço para prestigiar e dar a conhecer, a nível nacional e internacional, as Raças em que tem responsabilidades, como mostra o relatório de actividade enviado com a convocação da 7ª Assembleia-geral.

 

– Os “stands” da APCA e da ACAA, na Exponor e em Santarém

Foram uma realidade que atraiu um enorme público e publicitou as duas raças.

 

– O site da APCA e da ACAA

Está pronto e vai ser uma realidade, aguardando-se unicamente a documentação dos interessados.

 

– “Curso para Juízes e Candidatos a Juízes” e “Curso sobre a Criação Cavalar”, em Maio próximo

Foi decidido realizar novos cursos: um orientado para os Juízes e Candidatos a Juízes, outro sobre “A criação cavalar”. Os 2 cursos terão lugar provavelmente em Maio próximo, na Coudelaria Nacional (Fonte Boa), cujo Director, Senhor Dr. Mário Barbosa, uma vez mais decidiu acolher-nos.

 

– O Raide de 1.000 km

Foi de novo pedido a todos um grande esforço no sentido de angariar patrocinadores e subsídios para a realização de tão fantástica e importante prova internacional, na qual muitos estrangeiros anseiam por participar.

 

– Novos Candidatos a Juízes

Em acordo com o Regulamento de Julgamentos da Associação Portuguesa do Cavalo Árabe e da Associação Portuguesa do Cavalo Anglo-árabe, foi com alegria que se registaram os pedidos de mais 4 Candidatos a Juízes, o que mostra o indiscutível interesse do referido regulamento.

 

– A futura Federação Portuguesa de Criadores

Numa reunião organizada em 30 de Janeiro de 2004 para avaliar o interesse da constituição de uma Federação Portuguesa de Criadores de Cavalos, a esmagadora maioria dos representantes das várias raças pronunciou-se a favor da iniciativa de Manuel Heleno. Aguarda-se agora o resultado do estudo que desde aí a APCRS está a realizar.

 

– Os Stud-books do Puro Sangue Árabe e do Anglo-árabe

O Presidente da ACAA, João Nogueira Lopes Aleixo, informou que lhe parecia oportuno que a Associação Portuguesa do Cavalo Árabe e a Associação Portuguesa do Cavalo Anglo-árabe começassem a gerir os respectivos Livros Genealógicos, principio que não mereceu a mais pequena contestação por parte da Assembleia-geral.

Manuel Heleno lembrou que, antes de mais, teria de pedir ao Presidente da Associação Portuguesa de Criadores de Raças Selectas que o libertasse da palavra dada de não retirar os Livros daquela Associação enquanto não houvesse um novo Presidente na APCRS ou enquanto as relações de cooperação entre as 3 Associações o permitissem.

Lembrou depois que também a mudança deveria obter o acordo do Senhor Director do Serviço Nacional Coudélico, Senhor Dr. João Costa Ferreira.

Enfim, explicou detalhadamente as várias razões que obrigavam a que a eventual mudança se realizasse com um tempo de transição relativamente longo e nunca antes do fim do corrente ano.

Com o acordo da Assembleia-geral foi decidido avançar com os primeiros contactos para se obterem os devidos assentimentos, de forma a depois estudar e preparar a eventual transição dos Livros Genealógicos das duas raças para as respectivas Associações.

 

Próxima Assembleia-geral

A próxima Assembleia-geral da Associação Portuguesa do Cavalo Árabe e da Associação Portuguesa do Cavalo Anglo-árabe terá lugar em Junho de 2005, no Monte Grande, de João Nogueira Lopes Aleixo, que muito amavelmente se propôs para a todos receber.

  

A Assembleia-geral terminou por volta das 14 horas, seguindo-se o tradicional almoço e a visita à Coudelaria que acolheu os participantes.

 

horizontal rule

Acolhimento Topo

horizontal rule

Torne-se nosso sócio ( Ver página "Ser Sócio" )

 Deseja uma informação ? Deseja impressos ?
Envie um correio electrónico para:
secretaria.psa@gmail.com 
ou secretaria.aa@gmail.com
ou
secretaria.lusarb@gmail.com
Telefone para (00351) 266 769 564 / 5
Fax para (00351) 266 769 566
Escreva para a Secretaria: Rua Diana de Liz - Horta do Bispo
Apartado 320  -  7006-804 Évora (Portugal)

horizontal rule

Web design: MH
Copyright © 2006 Puro Sangue Árabe
Última actualização: 10 novembre 2012